domingo, maio 25, 2008

lobos



Uma noite, um velho índio Cherokee falava com o neto sobre a 'batalha' que é travada em todos nós.

Dizia ele: - "Filho, a batalha cá dentro é entre dois 'lobos'. Um é o mal. É raiva, inveja, tristeza, ganância, arrogância, auto-compaixão, culpa, ressentimento, inferioridade, mentira, falso orgulho, superioridade e ego."

"O outro é o bem." - continuou - "É alegria, paz, amor, esperança, serenidade, humildade, bondade, benevolência, simpatia, generosidade, verdade, compaixão e fé."

O neto ficou uns minutos calado a pensar e depois perguntou: - "Avô! Qual é o lobo que vai ganhar?"

E o velho índio respondeu: - "Aquele que alimentares!"

1 comentário:

Séforis disse...

Mais palavras para quê... se no silêncio se descobre qual o lobo que alimentaste e qual te tenta morder incessantemente... eu já sei o lobo que sou. Tu também. Mas, aquele que ainda continua a mostrar os dentes, desconhece que rodopia inutilmente na vâ tentativa de apanhar a cauda...
Um abraço meu caro lobo!