segunda-feira, dezembro 08, 2008

um fim-de-semana mágico


penedos, muitos penedos, siameses com casas e pocilgas, rodeados de sobreiros e ocultos na névoa, apenas acordados por adufes que abrem portas e malafonas que espreitam delas, numa magica aldeia que nasceu do monte, onde os galos sao de prata e o silêncio de oiro, sem duvida a mais portuguesa de portugal, vizinha de idalha a velha com fornos comunitários e lagares de azeite, e de penha garcia onde se podem escalar trilobites, e de monfortinho com as pegas azuis, as laranjas, os medronhos e as bolotas (mais uma vez a caminho da rom), e das imensas planicies de idanha onde se ganham medalhas inesperadas e molhas previsiveis. foi um prazer, enorme. obrigado

recomendo aqui e aqui

3 comentários:

Camilo disse...

Ai como eu gosto da zona raiana... e que boas recordacoes me traz idanha-a-nova...
Lembro-me de idanha cheia de ubianos (estudantes da UBI)que se preparavam para a garraiada nas tascas tipicas (infelizmente algumas ja fecharam)convivendo com os habitantes locais e encaixando ginjinhas no bucho embuidos do verdadeiro espirito academico!!
Como eram magicos esses dias...

Che Macedo disse...

ofereço financiamento para projectos de ecoturismo na regiao, com majoração se sediados em monsanto

Camilo disse...

Brincalhao!!!!