sábado, janeiro 05, 2008

apocalipse


A nossa civilização está em risco de deixar simplesmente de existir. Se o petróleo "acabar" em breve e de forma repentina, como é provável, será o caos. Com a consolação que possivelmente não iremos sofrer assim tanto com as alterações climáticas. Se não "acabar", iremos manter o crescimento exponencial dos consumos energéticos e a dependência dos combustíveis fósseis (petróleo, carvão e gás) e iremos literalmente acabar torrados.
"o mais incrivel para mim, é esta indiferença geral que está instalada (...) o publico parece muito descontraido com a questao do aquecimento global, enquanto os peritos estao em panico (...) quando os cientistas do painel da ONU vieram a publico e confirmaram que, nas proximas decadas, as tempestades vao ficar mais violentas, o deserto irá alastrar para mais de metade do planeta e o nivel do mar vai subir uma dezena de metros ou mais* (...) só faltou ver as pessoas bocejarem de tédio! (...) e os politicos, que deviam ter juizo na cabeça, estao na mesma!"... citando a obra que devorei em apenas dois dias.

prova desta indiferença é o lisboa-dakar, sobre o qual já escrevi aqui. felizmente foi cancelado, mas devido às ameaças de terrorismo. num planeta à beira do precipício que sentido faz manter uma prova inútil que produz quantidades maciças de gases com efeito de estufa e destrói habitats? porque nem sequer se falou neste argumento primário para o erradicar de vez? neste inicio do ano, a Al-Qaeda afirma-se assim, de forma inesperada, não só como a vencedora do dakar mas como a entidade com o maior contributo para reduzir as alterações climáticas. O meu muito obrigado!

o Al Gore não irá candidatar-se à casa branca. com o colapso eminente mas ainda não confirmado, ele sabe o que seria preciso fazer (sou tão ingénuo às vezes...) mas sabe também que as pessoas ainda nao estao preparadas. Infelizmente daqui a 4 anos a situação não será certamente a mesma e vamos estar todos na rua em terror a berrar por homens providenciais. esperemos que eles nessa altura surjam e que ainda vá a tempo. eu sinceramente duvido.

*na imagem a praia de árvore, hoje, junto ao condenado Areal

2 comentários:

Séforis disse...

Olá Pedro :-) (desta vez pelo nome do Santo que abre as portas do céu) :-)) Citando alguém que não conheço mas que se deu a conhecer através do "impossível" "a esperança vence a experiência" não digo, para já mais nada, com receio que o anónimo venha para aí a dizer que sou teimoso como um burro :-)) Abraço!

JL disse...

Eu não gramo o Al Gore (vómito) e muito menos a Quaeda (vómito ao quadrado), mas isso não te tira um só grau célsio de razão.