quarta-feira, maio 02, 2007

e de repente...

o dia chegou, o dia passou, assim como a ansiedade... a onda espraiou-se tranquila na praia... senti-te perto, senti-me bem... incrivel como de repente, sem pré-aviso, todo o mundo muda, ou nós mudamos, ou nada muda, mas nada parece igual... hoje, e mais uma vez, sinto-me abençoado pela chuva, que lavou da minha alma tanto pó acumulado... muito, ou muito pouco, ficou por fizer, se calhar o mais importante, se calhar o obvio, ou se calhar... o melhor é aproveitar esta leveza toda de que já nao tinha recordação e subir acima das nuvens, hoje para apreciar a lua cheia, amanha o calor do sol

2 comentários:

seforis disse...

Abençoado sejas :-)

Caucau disse...

Aproveita a leveza, aconchega-te nas nuvens e deixa que o sol aqueça a tua alma. Os sorrisos acontecerão e os abraços estão lá, tenhas tu a disponibilidade de os sentir!Deixa-te fluir.